REFERÊNCIAS NO FUTEBOL – treino vegetativo

Everton FC, Man City FC, Austrian National team, Real Valladolid FC SAD


SELECÇÃO AUSTRÍACA DE FUTEBOL

Austria National team -

E

Áustria ganhou a eliminatória da Eurocopa de 2015. O ranking da FIFA melhorou de 46 para 10 em um ano.

Opinião do cientista desportivo chefe, Dr. Gerhard Zallinger,

Início de 2013 – o diretor de desportos da Federação Austríaca de Futebol enviou-me-me uma carta manuscrita e me perguntou se já tinha ouvido falar do método – treino vegetativo. Eu não tinha! Nenhum dos nossos funcionários tinha.

Como todos novos interesses a serem adoptados, fui eu, como cientista desportivo chefe que entrei em contacto com Inge Jarl Clausen, um vegetoterapeuta norueguês. Encontramo-nos em Kufstein e depois de alguns minutos de conversa, senti o desejo de saber mais sobre o método, por tratar de capacidade respiratória, recuperação, sistema nervoso parassimpático, o sistema vegetativo e assim por diante.

“Zallinger. 3 de junho de 2014. Campo de Treino Austríaco Wien.

Olá, Inge,

Agora, o médico está 100% convencido de que esse tratamento faz algo incrível para todo o organismo…!

Agora, XX, fisioterapeutas, o médico e eu, podemos integrá-lo seriamente.”

Alguns atletas que aparecem regularmente no meu consultório foram confrontados com o que eles pensavam ser uma respiração habitual. Mas quando as lesões perderam repentinamente a sensação de dor aguda, os distúrbios crônicos se dissiparam e a sensação em todo o corpo mudou consideravelmente, se convenceram de experimentar os novos conhecimentos para melhorar o seu desempenho.

Um ano e meio mais tarde, meus clientes deixaram de sentir dor intensa, passaram a respirar melhor, e deixaram de dar mais atenção a elas em primeiro lugar… Tudo isso é possível quando as pessoas são postas a respirar em posição básica para que possam respirar como um bebê recém-nascido.

Para mim, a vegetoterapia é um método para reorganizar o “sistema corporal”. Para os desportos de elite esta ferramenta se tornará vantajosa e, em muito breve, inevitável.

Quero enfatizar que a experiência que eu tenho tido com atletas e outras pessoas a cada dia é tão extraordinária, que, sinceramente, mal posso estimar o quanto ela pode nos ajudar nos desportos,

Sou muito cético quando recebo comentários de jogadores ou terapeutas, mas esse método realmente me convenceu a mudar a minha prática de trabalho.

Ref.

Cientista desportivo chefe da Federação Austríaca de Futebol / selecção nacional de futebol. (ele é quem conhece melhor a ciência e o método prático).

Dr. Gerhard Zallinger Paracelsusgasse 2

4055 PUCKING- Austria. gzallinger@hotmail.com Número Móvel: +43 699 17280201

http://www.oefb.at/-ber16173

EVERTON FC

baines coleman  -

1. Contacto/equipa médica de testes.

Clausen entrou em contacto com o clube, por correio electrónico com uma breve descrição sobre a sua terapia e convocou uma reunião. O director clínico Donachie havia demonstrado interesse nela porque sempre estava à procura de novos métodos para melhorar o desempenho da sua equipa.

Embora ele estivesse cético no início, “devido ao fato de esta abordagem ser diferente de tudo o que haviam experimentado anteriormente. Trata-se, na realidade, de um novo paradigma no desenvolvimento do desporte, diz Donachie. Antes de usarem o método com seus jogadores, Donachie e sua equipa médica o testaram neles próprios.

Depois de uma semana de tratamento, os efeitos foram impressionantes”, como Donachie lembra. Também, os médicos que eram os maiores céticos, relataram um bem-estar inimaginável e uma melhoria nítida.

2. Desenvolvimento do jogador

A equipa encaminhou dois jogadores a Clausen. Ambos os atletas sofriam de lesões de longo tempo e de baixa aptidão física. Os resultados foram surpreendentes. “Os atletas melhoraram muito. Surpreendentemente, mostraram mais autoconfiança na quadra. Especialmente, a condição de Séamus Coleman aumentou muito.

Depois de trabalhar com Inge, durante duas semanas, Coleman jogou oito jogos seguidos e foi eleito o “Homem do jogo” cinco vezes.” É difícil provar que as mudanças estavam diretamente ligadas ao Vegetoterapia, mas para Donachie e sua equipa, não há nenhuma dúvida em relação a isso.

(depois de trabalhar oito vezes no Everton FC)

https://vegetativetraining.wordpress.com/2015/03/01/the-making-ofa-superstar/

ref.

Diretor clínico do Everton FC.

Daniel Donachie danieldonachie@hotmail.com

Número Móvel: +44 7985523619

http://www.embodyism.com/

MANCHESTER CITY FC

man-city-contract

Lesões de longa duração

Um deles tinha uma lesão no tendão e os médicos queriam fazer cirurgia, mas, depois de duas semanas voltou e estava a treinar. Marcou seus primeiros gols para o Man City. Três gols nos dois jogos seguintes. Em seguida, foi seleccionado pela equipa do ENG Nat

Jogador com problema permanente no joelho, o qual estava impossibilitado de jogar há vários meses. Depois de uma semana, voltou a treinar. Foi o homem da partida contra o Chelsea. Em seguida, foi seleccionado pela equipa do Eng Nat,

Jogador com perda nítida de desempenho, depois de uma semana, começou a apresentar a perda de desempenho. Libertou-se dos efeitos de um grave acidente de carro quando criança. Retornou e realizou as suas melhores partidas no mês seguinte. Em seguida, foi seleccionado pela equipa do Eng Nat.

igor exculsivo

Real Valladolid CF  – Francisco J. Albert García Sports Scientist / Conditioning Coach – Head of Fitness,

Quizá sea osado por mi parte decir que este tipo de entrenamiento es el aleph del entrenamiento deportivo. Sin embargo, es lo que siento.

https://vegetativetraining.wordpress.com/mi-experiencia-personal-entrenamiento-vegetativo/

 

 

Sr. Inge Jarl Clausen

https://vegetativetraining.wordpress.com/
E-mail: inge.clausen@gmail.com
Número Móvel na Europa: +47 98 6666 53
Facebook: Inge-Jarl Clausen
Skype:
ingejarlclausen

Twitter @ijclausen